OLHA A PROVOCAÇÃO! NAÇÃO RUBRO-NEGRA ZOA EX-JOGADOR DO FLAMENGO NO NBB

Em clássico carioca que abriu o returno do NBB, o FlaBasquete venceu o Vasco por 84 a 79, na noite desta segunda-feira (8), no Maracanãzinho. Gabriel Jaú e Didi foram os destaques rubro-negros na partida com 17 pontos cada. Foi o 12º triunfo consecutivo do Orgulho da Nação no campeonato.Destaques

Gabriel Jaú – 17 pontos;

Didi – 17 pontos;

Cuello – 11 pontos;

Gui Deodato – 10 pontos.

1º Quarto

O clássico começou com muita disputa em quadra. Os primeiros dois pontos rubro-negros foram Franco Balbi. Empurrado pela Nação, o Mais Querido iniciou o quarto atrás no marcador, mas a diferença era pequena. Didi entrou na partida com as mãos calibradas e anotou logo uma bola tripla. Na sequência, Scott Machado também acertou do perímetro e empatou o confronto. No final do período, o Vasco conseguiu passar a frente novamente e fechou em 20 a 17.

2º Quarto

O Vasco seguiu na frente no início do segundo quarto. O Rubro-Negro não estava conseguindo ter um bom aproveitamento nos arremessos de três e, com isso, desperdiçava pontos importantes no ataque. De volta após se recuperar de lesão, o “Deus da Raça” Olivinha marcou seus primeiros dois pontos no jogo com uma bandeja. O Orgulho da Nação cresceu nos minutos finais e voltou a encostar no placar.

Mais uma vez, Olivinha foi decisivo e deixou tudo igual em outra bandeja. As equipes se alternavam na frente do placar, até que Jaú roubou uma bola importante na quadra de ataque e marcou de bandeja, empatando novamente o duelo. Até que Gui Deodato, nos segundos finais, acertou uma bola tripla para colocar o Mengão em vantagem para o intervalo: 41 a 36.

3º Quarto

O Orgulho da Nação voltou com uma defesa forte e dificultava os ataques do Vasco. Loku Cuello recebeu com liberdade e acertou do perímetro, aumentando a vantagem rubro-negra. Após roubada de bola na frente, Didi foi na bandeja marcar mais dois para o Mengão. Durante bom tempo, a diferença no placar foi de dez pontos a favor do Fla. Scott Machado, sempre com a mira afiada, cravou mais uma de três, assim como Gui Deodato. O Mais Querido seguiu na frente e fechou o quarto em 62 a 57.

4º Quarto

No último quarto, o clássico seguiu equilibrado. O Vasco buscava uma reação, enquanto o Flamengo seguia pontuando. O adversário conseguiu empatar o duelo faltando pouco mais de seis minutos para terminar. Num momento importante, Cuello acertou uma bola tripla que inflamou a Nação Rubro-Negra no ginásio. Nos minutos finais, o jogo ficou ainda mais emocionante. As equipes trocavam pontos e a vantagem rubro-negra era bem apertada. O Orgulho da Nação converteu os últimos lances livres e conquistou uma vitória suada diante do rival:

Próximo desafio

O Orgulho da Nação volta à quadra na próxima quinta-feira (11) para enfrentar o Minas, às 19h, na Arena UniBH, em mais um compromisso pelo NBB.

Quinteto inicial

Franco Balbi, Gui Deodato, Loku Cuello, Marko Filipovity e Devon Scott.

Técnico: Gustavo De Conti.