“NÃO VEJO DEMÉRITO DO FLAMENGO”, DIZ MARIO JORGE SOBRE EMPATE CONTRA A PORTUGUESA

Em meio à pré-temporada do time principal nos Estados Unidos, os Garotos do Ninho entraram em campo neste sábado (27) diante da Portuguesa, pelo Carioca. O duelo terminou em 1 a 1, com a presença de reforços importantes para o técnico Mário Jorge. Isso porque, Thiago Maia, Matheuzinho e Pablo atuaram pela primeira vez com o Manto Sagrado na temporada.
RESUMÃO

O primeiro tempo começou intenso entre Flamengo e Portuguesa. Com Petterson, o Mais Querido agrediu o time carioca pelo lado esquerdo do campo, mas a defesa adversária conseguiu afastar a bola de perto da área. Já a partir dos 15′, a equipe da Ilha do Governador, do Rio de Janeiro, saiu de trás e chegou com mais perigo à defesa do Rubro-Negro. No entanto, o goleiro Matheus Cunha fez uma ótima defesa para a alegria dos torcedores na Arena das Dunas.

Em 20 minutos de jogo, o Flamengo sofreu pressão da Portuguesa. O time da Ilha do Governador finalizou três vezes contra à meta rubro-negro, sendo duas na direção do gol. O Mais Querido, por outro lado, não chutou nem uma vez sequer. O técnico Mário Jorge, desse modo, chamou a atenção de diversos atletas com intuito de melhorar a equipe durante o andamento do duelo.

A partir dos 35 minutos, o Flamengo melhorou e agrediu a Portuguesa, chegando à marca de três finalizações. O jogo ficou aberto e o time adversário também conseguiu chegar à meta rubro-negra. Contudo, nada de gols no primeiro tempo: 0 a 0.

O Flamengo voltou melhor para a segunda etapa, com finalizações e boas chegadas pelo lado de campo. O técnico Mário Jorge não fez substituições no início e manteve o time que iniciou o confronto. Matheuzinho e Werton foram bastante acionados, mas não conseguiram produzir em gol.

Até os 20 minutos de jogo, o Flamengo dominou a posse de bola, com 80%, contra 20% da Portuguesa. No entanto, o Mais Querido apenas trocou passes e não conseguiu balançar as redes da Portuguesa. Na parada técnica, Mário Jorge enfatizou para a equipe chutar mais contra a meta adversária, além de pressionar na saída de bola.

Agora, o elenco principal assume o posto e continua o resto do campeonato carioca.