NOVO DIRETOR DE FUTEBOL DO CORINTHIANS, FABINHO SOLDADO CELEBRA PROMOÇÃO E AUMENTO SALARIAL

Flamengo sempre é um destaque quando o assunto é clubes brasileiros com muito investimos e muito valor de mercado. Nesta terça-feira (23), isso ficou comprovado mais uma vez. A consultoria Sports Value publicou o seu estudo anual sobre os 30 clubes mais valiosos do futebol brasileiro, após avaliação do ano fiscal de 2023. O Mais Querido, assim como em 2022, está no topo desta lista. 

O Mengo foi avaliado em R$ 4,516 bihõe, com um crescimento de 57%, estando quase um bilhão de reais na frente do segundo colocado, o Palmeiras. O Campeão Brasileiro de 2023 foi avaliado em 3,563 bilhões de reais. Também é interessante citar o Corinthians, que conseguiu quitar uma série de dívidas no final do ano passado e se tornou mais valioso ao longo da última temporada. 

Neste mesmo estudo, publicado no começo de 2023, o Corinthians estava em 4º lugar, com a sua situação fiscal de 2022 tendo sido avaliada. Esta ano, entretanto, ele subiu para o terceiro lugar, voltando ao pódio. O seu valor subiu em 35%, com 3,071 bilhões de reais, tomando a posição do Atlético-MG, que terminou o ano uma posição abaixo da do ano passado (4ª colocação) e 2,9 bilhões na conta. 

Contudo, o time que mais se destacou esse ano em termos de crescimento foi o Red Bull Bragantino. Atual 9º colocado no ranking geral, o clube-empresa viu seu valor de mercado catapultar 219% de 2022 para 2023.

Veja a lista completa, divulgada pelo portal: 

1. Flamengo: R$ 4,516 bilhões (+57%)

2. Palmeiras: R$ 3,573 bilhões (+63%)

3. Corinthians: R$ 3,071 bilhões (+35%)

4. Atlético-MG: R$ 2,953 bilhões (+74%)

5. São Paulo: R$ 2,214 bilhões (+25%)

6. Internacional: R$ 2,124 bilhões (+21%)

7. Athletico-PR: R$ 2,090 bilhões (+25%)

8. Fluminense: R$ 1,449 bilhão (+39%)

9. Red Bull Bragantino: R$ 1,187 bilhão (+219%)

10. Santos: R$ 1,184 bilhão (+31%)

11. Grêmio: R$ 1,037 bilhão (-33%)

12. Cruzeiro: R$ 766 milhões (-8%)

13. Fortaleza: R$ 636 milhões (+150%)

14. Botafogo: R$ 598 milhões (-1%)

15. América-MG: 582 milhões (+82%)

16. Coritiba: R$ 565 milhões (+23%)

17. Vasco da Gama: R$ 503 milhões (-47%)

18. Sport: R$ 468 milhões (+14%)

19. Bahia: R$ 459 milhões (-17%)

20. Atlético-GO: R$ 450 milhões (+179%)

21. Ceará: R$ 420 milhões (+62%)

22. Goiás: R$ 339 milhões (-2%)

23. Cuiabá: R$ 311 milhões (+122%)

24. Guarani: R$ 293 milhões (+4%)

25. Santa Cruz: R$ 263 milhões (-10%)

26. Avaí: R$ 262 milhões (+12%)

27. Náutico: R$ 246 milhões (-7%)

28. Ponte Preta: R$ 241 milhões (-13%)

29. Juventude: R$ 218 milhões (+122%)

30. Portuguesa: R$ 184 milhões (-)

Confira também, com o propósito de traçar uma comparação, o ranking dos top 10 clubes mais valiosos do Brasil em 2022:

1. Flamengo – R$ 3,7 bilhões

2. Palmeiras – R$ 3,4 bilhões

3. Atlético-MG – R$ 3,1 bilhões

4. Corinthians – R$ 2,9 bilhões

5. Internacional – R$ 2,3 bilhões

6. São Paulo – R$ 2,2 bilhões

7. Athletico-PR – R$ 2 bilhões

8. Santos – R$ 1,41 bilhões

9. Grêmio – R$ 1,4 bilhões

10. Fluminense – R$ 1,39 bilhões 

COMO O CÁLCULO É FEITO?

O cálculo da Sports Value se baseia em uma série de itens, desde patrimônio do clube (dinheiro em caixa, estádio próprio, centro de treinamento moderno) ao valor da marca (potencial de mercado, tamanho de torcida e receitas). Também são somados os ativos esportivos vinculados aos registros dos clubes em suas Federações Estaduais e na CBF.

Por fim, o preço dos elencos também é contabilizado. Os valores usados são os da plataforma Football Benchmark, ferramenta de estatísticas que calcula o valor de cada atleta com base em uma série de variáveis.